Vigilância Ambiental esclarece sobre a falta de vacina antirrábica em Araxá
Araxá

Vigilância Ambiental esclarece sobre a falta de vacina antirrábica em Araxá

Vigilância Ambiental esclarece sobre a falta de vacina antirrábica em Araxá

Flavia Rios – Coordenador do setor de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde.

A campanha de vacinação antirrábica realizada no mês de agosto em Araxá, atingiu níveis positivos de imunização. Segundo a Secretaria de Saúde, quase 3 mil animais receberam a dose da vacina contra Raiva na cidade.

A diferença é que, ao contrário dos anos anteriores, em 2019 a campanha atingiu apenas a zona rural, enquanto que a área urbana ficou sem vacinação. Segundo a coordenadora da Vigilância Ambiental, Flávia Rios, ainda no mês de julho, uma circular vinda do Ministério da Saúde informou que o Governo Federal estava enfrentando dificuldades na compra da vacina, já que o laboratório licitado apresentava problemas na distribuição.

Em virtude da falta de doses, o MS priorizou áreas de risco iminente de contágio e como Minas Gerais é área livre de Raiva Urbana (transmitida por cães e gatos), o estado ficou sem receber a vacina. Como ela vem do Governo Federal, não existe uma dotação orçamentária local para compra de doses, portanto, não há programação da Secretaria de Saúde para uma possível emergência.

O problema maior é que a circular emitida pelo governo não autoriza os municípios a comprarem a vacina por conta própria, sendo esta incumbência única e exclusiva do Ministério da Saúde. “Mesmo que pudéssemos comprar, se a vacina no está disponível para o Governo Federal, nós não conseguiríamos comprar”, esclarece Flávia.

Flavia ainda conta que os animais atendidos pelo Canil Municipal e pelos abrigos coordenados por entidades sociais foram todos imunizados. “Nós priorizamos esses abrigos por apresentarem grande concentração de animais e o risco de contagio ser maior”, completa.

Ainda não há um posicionamento do MS para a realização da campanha nos próximos meses, portanto, a vacina pode ser adquirida apenas na rede particular. O preço médio da dose, varia entre 15 e 35 reais.

Araxá

Mais notícias da Categoria Araxá

CBMM repassa mais de 8 milhões de reais para entidades assistenciais de Araxá

CBMM repassa mais de 8 milhões de reais para entidades assistenciais de Araxá

Diogo Meira 13/09/2019
Diretoria do Trianon realiza palestra contra o suicídio

Diretoria do Trianon realiza palestra contra o suicídio

Diogo Meira 13/09/2019
Adolescente é apreendido com drogas no bairro Santa Mônica

Adolescente é apreendido com drogas no bairro Santa Mônica

Diogo Meira 12/09/2019
“Não aguento mais ser chamado de Canalha”, diz Luiz Carlos

“Não aguento mais ser chamado de Canalha”, diz Luiz Carlos

Diogo Meira 11/09/2019
Câmara vai investigar Vereador Ceará

Câmara vai investigar Vereador Ceará

Diogo Meira 11/09/2019
Unidades de Saúde vão trabalhar até mais tarde em setembro

Unidades de Saúde vão trabalhar até mais tarde em setembro

Diogo Meira 10/09/2019